pucminas.br
Pós-graduação em Geografia

Pós-graduação em Geografia - Tratamento da Informação Espacial :: O programa :: Histórico

Histórico

Programa de Pós-graduação em Geografia - Tratamento da Informação Espacial

O departamento de Geografia da PUC-Minas tem uma longa tradição na formação de professores e bacharéis, fundado como parte da Faculdade de Ciências e Letras Santa Maria em 1942 teve como professores e alunos nomes importantes da intelectualidade mineira. Atualmente o departamento tem aproximadamente 400 alunos distribuídos nos cursos de Licenciatura e Bacharelado.

O curso de mestrado em Geografia – Tratamento da Informação Espacial foi criado em outubro de 1996, com resoluções do Magnífico Reitor e do Conselho de Pós-graduação, em 07 de novembro de 1996. O curso foi aprovado pelo Conselho Universitário em 11/12/1996.

Simultânea e paralelamente à trajetória institucional no domínio interno à própria PUC-Minas, o projeto seguiu outra rota para a recomendação junto à CAPES, tendo sido visitado em junho de 1997 por comissão da CAPES. O relatório da visita técnica datado de 14 de julho de 1997, foi extremamente elogioso para toda a organização do curso e afirmou que o Programa da PUC-Minas representava “uma inovação de grande atualidade e relevância no conjunto da pesquisa e da pós-graduação em geografia no Brasil, nivelando-a aos núcleos de pesquisa de ponta do exterior”. Seu parecer foi, então, naturalmente pela recomendação do Curso de Mestrado, o que foi de fato concretizado pela CAPES, de acordo com ofício datado de 12/12/1997.

Esta postura bastante favorável da CAPES seria confirmada com a primeira avaliação formal do Mestrado em Tratamento da Informação Espacial, realizada no nível nacional (03/11/1997). Nesta ocasião, o mestrado recebeu a nota “4”, com algumas considerações que o colocaram bem próximo do “5”, nota máxima para o nível de mestrado.

Em função desta “sinalização” da CAPES e de condições internas quanto a corpo docente e infra-estrutura favoráveis da PUC-Minas foi criado o curso de Doutorado em 1999, aprovado pelos Conselhos de Pós-Graduação e Pesquisa e pelo Conselho Universitário. O curso de Doutorado foi recomendado pela CAPES, em reunião do CTC no dia 26/07/2002 com nota 4.
A nota 4 foi mantida pela CAPES ao longo da primeira metade dos anos 2000, e deste o triênio 2007-2008-2009 o Programa tem recebido  nota 5 nos seus cursos de Mestrado e Doutorado.

Também merecem destaque os prêmios de melhor tese e melhor dissertação concedidos pela ANPEGE em 2009 a dois trabalhos desenvolvidos no Programa:

  • “O Espaço Perimetropolitano de Belo Horizonte: uma análise exploratória” de autoria de Alfio Conti e orientação do Prof. Oswaldo Bueno Amorim Filho; e
  • “Caracterização do Carst da Região de Cordisburgo, Minas Gerais”, de autoria de Luiz Eduardo Panisset Travassos e orientação do Prof. Heinz Charles Kohler.

Prêmio CAPES de Tese 2011: Menção Honrosa

  • "A Importância Cutural do Carste e das Cavernas" de autoria de Luiz Eduardo Panisset Travassos e orientação do Prof. Oswaldo Bueno Amorim Filho e coorientação do Prof. Andrej Kranjc.

Prêmio CAPES de Tese 2012: Menção Honrosa

  • "Sistema de restrições geográficas à indústria da cana-de-açucar no Centro-Oeste mineiro: um estudo regional" de autoria de David Lucio López  e orientação do Prof. Oswaldo Bueno Amorim Filho e coorientação do Prof. José Flávio Morais Castro.

 :: Volta ::

Endereço: Av. Itaú, nr. 505 - Prédio Emaús - Dom Cabral - Belo Horizonte/MG - CEP: 30535012 - Telefone geral: (31) 3413.6370