Design de Interiores - Tecnólogo | Praça da Liberdade | PUC Minas Virtual - Curso Híbrido

O curso

O curso superior em tecnologia de Design de Interiores nasceu dentro do Departamento de Arquitetura e Urbanismo (DAU), integrante do Instituto de Ciências Sociais (ICS), e possui um core de competências para o futuro profissional que pretende promover modos de pensar e fazer design centrados em quatro eixos temáticos: (1) corpo, por se mostrar como o primeiro modo de acesso ao mundo físico e como aparato fundamental da percepção; (2) cultura, pelo entendimento que todo design deve ser contextual e culturalmente embasado; (3) desejo, uma vez que os modos de engajamento das pessoas com o espaço e seus elementos de design se baliza sempre pelas categorias da memória e da imaginação; e (4) natureza, entendendo que o designer do futuro precisa construir uma visão ecológica e sistêmica para práticas profissionais éticas e conscientes de seu impacto.

A eleição desses quatro temas parte de pesquisas que observam tendências no campo disciplinar nos âmbitos local, nacional e internacional, mas também dos contextos atuais e tendências de atuação profissional. O Curso tem a intenção de promover uma formação sistêmica, de percurso aberto e cujos processos de construção do conhecimento são significativos e privilegiam a criatividade, o espírito crítico e a colaboração.

A produção dos estudantes é valorizada por meio da Exposição de Trabalhos Acadêmicos em modo físico e virtual. O campo do design deixou de ser baseado na criação de estilos e atualmente se apresenta como profissão versátil e altamente criativa dedicada a lidar com problemas sociais e tecnológicos complexos. A difusão das metodologias criativas de design thinking em diversos campos e do conceito de ecodesign - em que processos e produtos possuem base sustentável de múltiplas ordens - é um dos maiores indícios da relevância e amplitude da atuação do designer no século XXI. O design centrado no ser humano - human-centered design - é o fundamento que possibilita a formação de um profissional que consegue inter-relacionar pesquisa, contexto, interação, estética (em seu sentido mais amplo, voltado para questões de percepção) e tecnologia em prol de processos e produtos inovadores para as pessoas e a necessária relação saudável com o meio ambiente. Ao mesmo tempo que esta proposta tem a criatividade e a relação com as pessoas como tônica, ela também está atenta aos processos contemporâneos de design digital e híbrido e às metodologias de criação, de planejamento, gestão e curatoriais colaborativas. Para tanto, um dos principais diferenciais do Curso é a promoção semestral de palestras e workshops com profissionais nacionais e internacionais.

O curso conta com os laboratórios especializados de Design e Realidade Virtual (DVR LAB), de Informática e Projeto Digital (DIG LAB), de Materiais e Sustentabilidade (MAT LAB) e de Maquetes e Fabricação Digital (MAQ LAB) - além do CREATIVE LAB, espaço de produção colaborativa de projetos, pesquisa e extensão do Curso.

Metodologia

Híbrido

Carga Horária

1.660 horas (2 anos)

As atividades presenciais deverão ser realizadas no seguinte campus/unidade:

  • Praça da Liberdade

Valor da Mensalidade

R$ 690,00

O que você irá estudar

O eixo temático CORPO trabalha fundamentos de design a partir do mobiliário e solicita ao estudante o alargamento de sua sensibilidade para a relação entre espaço, corpo e percepção. Serão desenvolvidas habilidades e competências para lidar de modo informado, crítico e criativo com aspectos técnicos e sensíveis de design na microescala para projeto de como peças de mobiliário, luminárias e/ou outros artefatos e protótipos com uso de fabricação digital.

O eixo temático CULTURA trabalha fundamentos de design a partir de metodologias de tradução cultural e solicita ao estudante o alargamento de sua sensibilidade para espaços e produções culturais, artísticas e/ou científicas. Serão desenvolvidas habilidades e competências para lidar de modo informado, crítico e criativo com aspectos técnicos e sensíveis de design para projeto de ambientes, cenografia e dispositivos para exibição e protótipos com uso de fabricação digital.

O eixo temático DESEJO trabalha fundamentos de design pela perspectiva do comércio e solicita ao estudante o alargamento de sua sensibilidade para espaços comerciais de caráteres permanentes, como lojas, ou temporários, como pop-up stores. Serão desenvolvidas habilidades e competências para lidar de modo informado, crítico e criativo com aspectos técnicos e sensíveis de design para projeto de visual merchandising e retail design e protótipos com uso de fabricação digital.

O eixo temático NATUREZA, cursado após a conclusão dos três eixos formativos de fundamentação, trabalha uma formação profissionalizante em design a partir do ecodesign e solicita ao estudante o alargamento de sua sensibilidade para espaços com foco em sustentabilidade e no entrelaçamento entre natureza, espaço e ser humano. Serão desenvolvidas habilidades e competências para lidar de modo informado, crítico e criativo com aspectos técnicos e sensíveis de design visando o projeto de reuso adaptativo de espaços a partir de perspectivas de performance ambiental e de ecologia e protótipos com uso de fabricação digital.

Como se trata de um curso híbrido, o estudante terá carga semanal de aula de Projeto de 5hrs-aula, concentrados em uma noite, de 18h às 22h30. Os Seminários possuem carga horária de 20hrs semestrais e como se trata de eventos (palestras/workshops/etc) as atividades ocorrerão em 5 sábados ao longo do semestre, de 8h50 a 12h20.

Clique aqui para acessar a ementa do curso.

Áreas de atuação

As principais áreas de atuação do(a) futuro(a) designer formado(a) no Curso são: design de mobiliário; de ambientes culturais e suportes para exibição com ênfase em cenografia; de ambientes comerciais com ênfase em visual merchandising e retail design; e o recente campo do reuso adaptativo do espaço construído com ênfase em sustentabilidade. Ademais, as competências desenvolvidas ao longo de dois anos habilitam o(a) profissional a atuar em outras áreas no amplo campo disciplinar do design de ambientes interiores.

Ao final do curso, o aluno será capaz de

O tecnólogo em Design de Interiores egresso da PUC Minas exibirá uma sólida formação técnica, humanista e ecológica, capaz de lidar de modo reflexivo, criativo, ético e responsável com os vários desafios do campo disciplinar. As competências que balizam a formação desse profissional são:

  1. Capacidade criativa;
  2. Autonomia para expressão de ideias de design;
  3. Inteligência emocional;
  4. Visão sistêmica dos processos de design;
  5. Capacidade de definição e organização de processos;
  6. Conhecimento do setor produtivo;
  7. Gestão de processos e pessoas;
  8. Visão teórico-prática;
  9. Fluência em design digital;
  10. Pensamento ecológico e sustentável;
  11. Fluência em fabricação digital;
  12. Capacidade de tradução cultural.